Rubens Shirassu mostra a Cobra

O escritor Rubens Shirassu rompe com a lógica do real e cria uma arte poética inovadora. Poesia mística, transcendental e apocalíptica.

Rubens Shirassu apresenta Cobra de Vidro

R$19,00. Compre agora. Livro novo

A imagem da serpente se locomove rasteira e obsessivamente entre as páginas desse livro. A partir dela, desenrolam-se os poemas que dão um bote fulminante no leitor, envolvendo-o em versos vorazes de várias realidades antagônicas.

Espírito e carne, liberdade e obediência a regras, prazer e morte, céu e inferno, mundano e sagrado, contemplação desinteressada e desejo cobiçoso, altruísmo e egoísmo; um embate de opostos para fazer nascer uma inquietude tensa dentro de cada ser.

Assim se constrói a poesia em Cobra de Vidro, arrastando-se sinuosamente a procura de um equilíbrio perdido ou, quem sabe, de uma literatura como desequilíbrio à ordem predatória.

O seu autor é Rubens Shirassu Júnior. Um poeta hiper-romântico que insiste em ver o que não pode ser visto, que almeja encontrar o que sabe não pode ser encontrado.

Os poemas desse livro são para aqueles que perscrutam os labirintos do espírito e da mente para romper com respostas e escolhas pré-definidas:

“As asas abertas,
a língua solta
a semente da fala
a língua serpenteia o salto
o buraco da história ,
ilumina
a quem se fala.

Cobra de Vidro de Rubens Shirassu

Conheça uma poesia viva, moderna, densa, ultrarromântica e surrealista.
Ano 2012. 82 págs.
Livro Novo

Frete Grátis em Presidente Prudente/SP.

R$19,00

Compre agora o seu

Contate Lado B Livros (18) 98100-8283

O livro representa as rupturas com o eufemismo, o lirismo, os clichês e com a mesmice da literatura conservadora.

Nas suas poesias, o grito irado de uma garganta repleta de trovões.
São estrondos de palavras revoltadas que se transformam em arte poética sublime. Lampejos de raios e relâmpagos, clareando o universo falaz dos sentidos.

É assim que surge o questionamento implacável sobre a existência, a partir do arquétipo ingênuo sobre mito da tentação de Eva. O que se pode notar na linguagem erotizada do poema “Nascente”, no qual há uma reflexão metafísica sobre o ciclo da criação: o Yin e Yang ou o Alfa e o Ômega.

A obra traz ainda o poema “Gaiola”, escolhido pelo IV Prêmio Literário Cannon de Poesia (2011) numa antologia com 50 autores de vários estados brasileiros.

Esse livro recebeu também o Prêmio PROAC, em 2012. Trata-se do Programa de Ação Cultural, realizado pela secretaria de cultura do estado de São de Paulo, que tem a finalidade de promover e difundir as produções artísticas para todo o estado.

Já em 2014,  no encerramento do programa Provocações, exibido pela TV Cultura de São Paulo, o saudoso apresentador Antônio Abujamra leu o poema “O Reino do Interno” contido nesse livro.
O programa, de número 666, foi ao ar numa terça-feira, dia 15 de Julho.

Uma obra poética que busca suas referências nas raízes orientais de filosofias milenares como o Taoísmo, o Confucionismo, o Budismo, além dos movimentos culturais da geração Beat, nos anos 50, da contracultura e da vida alternativa nos anos 60 e 70.

Escritor Rubens Shirassu Júnior

Rubens Shirassu Jr

Escritor, poeta e pedagogo, Rubens Shirassu Júnior é natural de Presidente Prudente/SP.
Ele também é coordenador da Oficina Laboratório de Criação Literária, um projeto das Oficinas Culturais do estado de São Paulo.
Autor de sete livros já publicados e com nove participações em antologias: obras que reúnem vários escritores, sendo que uma delas foi publicada na Itália.
Exerce ainda  funções de revisor de textos em geral,  e coordena o processo de edição de livros para escritores, profissionais liberais, acadêmicos, mestrados e doutorados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *